Telemedicina pediátrica:

Telemedicina pediátrica: como usar com as crianças?

A liberação da telemedicina no Brasil durante a pandemia causada pelo novo coronavírus é um avanço. No que diz respeito à prevenção da doença, à comodidade e à praticidade, os benefícios são indiscutíveis. Passado o momento de adaptação à nova realidade, as consultas médicas virtuais estão cada vez mais comuns em diversas áreas. A pediatria é uma delas e, no texto abaixo, você saberá como deve ser a relação entre crianças, médicos e a plataforma de teleconsulta. 

O que é a telemedicina pediátrica?

A telemedicina é a modalidade de consultas médicas realizadas de modo virtual. Sendo assim, o atendimento à distância permite que paciente e especialista não estejam no mesmo lugar durante a teleconsulta. A anamnese, então, pode ser realizada de forma segura e prática, tranquilizando pais e responsáveis quanto à saúde de suas crianças. 

Baixe GRÁTIS o GUIA SOBRE TELEMEDICINA: Tudo que você precisa saber sobre a tecnologia

Caso haja necessidade, o paciente pode ser encaminhando para um hospital, onde será atendido presencialmente. Para isso, pais e responsáveis podem colaborar fornecendo dados como peso, temperatura e comportamento da criança. Estas informações, em conjunto com o observado por vídeo pelo profissional de saúde servirão de base para a determinação do diagnóstico.

Como o profissional da área médica deve se preparar para a telemedicina pediátrica?

A escolha de um local adequado para o atendimento é primordial. Por isso, opte por um ambiente neutro, silencioso e com cobertura ininterrupta de internet. Assim, a consulta não será interrompida e você e seu paciente terão uma experiência mais agradável. 

Não se esqueça de exercer a empatia, ainda mais se tratando de pacientes pediátricos, já que a humanização e a proximidade são essenciais para eles. O contato visual pode fazer toda a diferença, então, busque olhar para seu paciente com atenção e ouça seu relato atentamente. 

Como garantir o bom exercício da telemedicina pediátrica?

Tenha em mente que um atendimento de qualidade independe do contato físico. As dicas acima são essenciais para que o cuidado médico seja continuado através das consultas médicas virtuais. Converse com os pais ou responsáveis pelos seus pacientes e tente obter detalhes relevantes sobre eles.

A escolha de uma plataforma de teleconsulta prática e que atenda às necessidades dos envolvidos é um passo importante. Ela deve permitir um atendimento em tempo real, de modo que você e seu paciente se sintam seguros em relação ao tratamento proposto. 

Por isso, opte por tecnologias profissionais para realizar sua consulta de telemedicina pediátrica. O WhatsApp e o Messenger podem ser utilizados para troca de mensagens rápidas, mas não oferecem os benefícios e a segurança de ferramentas especializadas. 

Conheça agora mesmo a plataforma para telemedicina ideal para o seu consultório online!

Quais são os benefícios de escolher uma plataforma especializada?

Plataformas específicas para a realização de teleconsultas asseguram a comunicação entre médico e paciente e oferecem segurança e estabilidade. Além disso, a LiveHealth permite aos seus usuários:

• Armazenamento em nuvem com acesso ao histórico do paciente. 

• Padrão de segurança e proteção de dados através de senhas.

• Suporte ao cliente com toda a assistência necessária para uma boa experiência.


Conte com a LiveHealth para oferecer o melhor da telemedicina pediátrica. Entre em contato conosco e saiba mais sobre a plataforma de teleconsulta e seus benefícios.

Leia também: